Novo Porquinho em Casa

 

 Ao trazer um novo porquinho para casa a primeira preocupação tem que ser a quarentena.  

 

 Quarentena

 

 

 Ao chegar com um novo porquinho para casa nunca misture com outro antes de ter certeza que ele está com a saúde perfeita. O ideal é separa-lo em uma gaiola ou cercado em um ambiente diferente do outro. Espere pelo menos uma semana antes de apresenta-los.

Verifique se o novo porquinho está ativo, se alimenta normalmente, tosse, espirra, tem secreção nos olhos ou nariz, se as fezes estão normais e se não se coça com frequencia, tem falhas no pelo ou ferimentos no corpo, patas e orelhas. O melhor é leva-lo para uma consuta veterinária para garantir que está tudo bem e poder apresenta-los com tranquilidade.

 

 

Escolhendo a melhor companhia para o(s) porquinho(s) que voce já tem:

 

 Quanto mais novos, mais facil e rapida será a adaptação.

 Antes de adquirir outro porquinho pense bem em de que sexo seria a melhor companhia para o(s) porquinho(s) que voce já tem.

 

 Macho + macho:

 

 

 Machos só são boas companhias para outros machos quando nunca tiverem contato com femeas.  Nunca tente manter juntos dois machos adutos se houverem femeas no mesmo ambiente. Eles disputarão a femea, podendo brigar até a morte.

 

 Fêmea + fêmea:

 

 Fêmeas se dão muito bem com outras fêmeas. As brigas entre elas são muito raras. Se dão bem em pares ou várias no mesmo espaço.

 


 Casal:

 

 

 Só forme casais se tiver certeza que conhece todos os detalhes sobre reprodução, manejo e genética e tem condições de dar um destino descente a todos os filhotes.  

 Criar porquinhos não é apenas reproduzi-los.  É importante saber escolher os casais e evitar problemas genéticos e consanginidade. Além de respeitar os limites de idade e peso, os intervalos de descanso das fêmeas antes de acasalar novamente e o periodo de amamentação. A reprodução é sempre um risco para a femea.

 O macho não pode ficar o tempo todo com a femea. Eles ficam juntos por um tempo apenas para o acasalamento e são separados depois. 

 Se o interesse é dar uma boa companhia ao seu bichinho, um porquinho de sexo diferente do dele não é uma boa opção já que a maior parte do tempo ficarão separados.

 

 

 Apresentação:

 

 Porquinhos podem ser territoriais, principalmente machos. Por isso nunca coloque o novo porquinho diretamente no território do outro. O porquinho pode ficar muito agressivo ao perceber a presença do outro em seu cercado ou gaiola.

 A primeira apresentação pode ser feita da seguinte forma: Deixe que eles se vejam e se cheirem através da grade da gaiola ou cercado. Observe bem o comportamento. Cheirar, pular, vocalizar, ignorar ou correr para atrair a atenção do outro é normal. Quando um ou ambos os porquinhos emitem um som batendo os dentes isso é sinal de intimidação e/ou liderança. Essa reação pode se transformar em agressão rapidamente. Na maioria das vezes essa reação para após alguns minutos, mas não os deixe juntos sem supervisão enquanto apresentarem esse comportamento.

 Uma boa opção para facilitar a apresentação é dar banho, principalmente no recém-chegado. Isso faz com que o odor de outros porquinhos que estavam junto com ele quando foi comprado, seja eliminado. Lembre-se que se estiver apresentado um macho a outro e o recém-chegado estava em contato com fêmeas, o odor delas, presente nele pode causar disputa e rivalidade ao ser sentido pelo outro.

 Quando perceber que não há agressividade ao estarem separados por grade, caso se tenha 2 alojamentos, o melhor seria que se pudessem ficar se conhecendo separados pela grade por uns 5 dias.

 Após esse período de adaptação passe a solta-los juntos em um ambiente neutro, ou seja, fora dos alojamentos.  E só depois de se certificar que estão se adaptando bem, abra as gaiolas ou cercados pra que entrem juntos.  Só os deixe juntos sem supervisão após se certificar que estão bem adaptados.

 A mesma técnica de adaptação vale para um ou mais porquinhos.

 

 

Dra. Anna Carolina G. Neves 

Médica Veterinária

   CRMV 13614

 

 

É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DOS ARTIGOS E IMAGENS PRESENTES NESSE SITE  SEM AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DO AUTOR.